artrose no quadril

Artrose no quadril: o que é e como tratar?

A artrose no quadril, conhecida também como osteoartrose, é uma doença que consiste na degeneração das cartilagens do quadril. Essa parte da região está sempre em movimento e é responsável por sustentar grande parte do peso corporal. Isso acaba aumentando a possibilidade de eventuais desgastes articulares.

Tal condição é mais comum a partir dos 45 anos, entretanto, também pode acometer pessoas mais jovens, sobretudo, indivíduos que utilizam bastante a articulação do quadril.

O que pode parecer algo muito simples e corriqueiro, na verdade, merece atenção especial. Em determinadas pessoas, a artrose no quadril pode dar origem a sintomas tão intensos, que a doença se torna incapacitante, já que dificulta a execução das tarefas básicas do cotidiano.

Quer conhecer a artrose no quadril mais a fundo e descobrir como tratar esse quadro da maneira correta? Leia o texto a seguir e fique por dentro.

O que é artrose no quadril?

Como dissemos acima, a artrose no quadril é um desgaste na articulação dessa região. Ela pode resultar em sintomas agudos, como dor, especialmente ao caminhar ou ficar sentado durante muito tempo. Outras manifestações frequentemente associadas à artrose no quadril são: dificuldade para realizar movimentos comuns, como levantar e abaixar; sensação de formigamento ou dormência nas pernas; queimação nos membros inferiores.

A enfermidade articular geralmente ocorre em pessoas predispostas geneticamente. Além disso, pode ter relação com:

  • envelhecimento natural;
  • diabetes;
  • artrite reumatóide;
  • espondilite anquilosante;
  • artrite séptica;
  • displasia no quadril;
  • traumatismos locais em decorrência de práticas esportivas, como levantamento de peso e corrida.

Como tratar essa condição?

O ortopedista deve conduzir o diagnóstico e o tratamento da doença. Primeiramente, é importante reconhecer e analisar os sintomas, levando em consideração dados complementares, como estilo de vida e idade do paciente.

Confirmada a artrose de quadril, é preciso tratar especificamente o problema, no intuito de amenizar os sintomas, promover o bem-estar e melhorar a qualidade de vida do paciente.

Geralmente, o tratamento inclui sessões de fisioterapia e uso de medicamentos. Apenas nos casos mais graves, quando não há melhora após o tratamento clínico, a cirurgia passa a ser uma alternativa.

O procedimento cirúrgico, neste caso, é feita por meio de raspagem da área inflamada ou, até mesmo, através da troca da cartilagem local pela prótese de quadril. O especialista é capaz de avaliar cada caso individualmente e propor o melhor protocolo terapêutico, de acordo com as especificidades do paciente.

Cumpre ressaltar que alterações nos hábitos de vida podem contribuir efetivamente para a melhora da artrose no quadril. Pode ser necessário reduzir a intensidade e frequência de alguns exercícios físicos, evitar sobrecargas, usar bengala para obter apoio ao caminhar, praticar exercícios de baixo impacto, como hidroginástica e pilates, fazer alongamentos e atividades funcionais.

Quer saber mais sobre artrose no quadril? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Luís!

Comentários

Posted by Dr. Henrique Rios