Hernia de disco

Hernia de disco: principais tratamentos

A hérnia de disco surge e começa a afetar a rotina da pessoa quando parte de um disco vertebral se desloca saindo de sua posição normal. Quando isso acontece, ele acaba comprimindo as raízes nervosas que estão estruturadas e ramificadas a partir da medula espinhal.

Quando se trata das regiões cervical e lombar do corpo, a hérnia de disco é um dos problemas mais recorrentes. Isso ocorrer especialmente porque tais áreas estão mais sujeitas ao movimento e tem uma função primordial na sustentação, suportando uma maior quantidade de carga.

Essa condição afeta os nervos do indivíduo, provocando uma série de problemas, tais como dor, fraqueza e dormência. Porém, é importante destacar que não são todas as pessoas que apresentam algum sintoma.

A seguir, você vai conhecer os principais tratamentos para a hérnia de disco. Continue a leitura e saiba mais!

Tratamentos para a hérnia de disco

Tratamento não invasivo

Aqui, temos uma notícia boa: a maioria dos casos envolvendo hérnia de disco pode ser tratada por meio de um processo não invasivo. Por exemplo, com o uso de medicação, como analgésicos, relaxantes musculares e anti-inflamatórios.

Fisioterapia

A fisioterapia também se mostra uma opção interessante para o tratamento da hérnia de disco. Normalmente, ela apresenta um efeito analgésico, pois faz uso de técnicas que ajudam a diminuir as dores.

Além disso, pode ser usada a fisioterapia motora, composta por exercícios que visam o fortalecimento muscular, o condicionamento da região e a estabilização da coluna.

Endoscopia

O tratamento a partir da endoscopia não costuma exigir muito do paciente. Ele permanece em internação por um dia e o procedimento é feito com sedação e anestesia local. A incisão em si é de apenas 1 cm.

Cirurgia para hérnia de disco

A cirurgia é aplicada em casos mais raros e após a utilização de outras técnicas. Por exemplo, quando o paciente não melhora com medicação e fisioterapia.

A operação tem baixo grau de invasão e tem como finalidade fazer a remoção da parte do disco responsável por comprimir e inflamar os nervos.

Cirurgias maiores também podem ser necessárias — implantes e parafusos —, entretanto, são exceção.

Prevenção da hérnia de disco

A prevenção é a melhor maneira de evitar problemas relacionados com a hérnia de disco.

Adquirir hábitos saudáveis, sempre observando as normas básicas de ergonomia, a exemplo de:

  • fazer exercícios de alongamento;
  • trabalhar o fortalecimento da musculatura abdominal;
  • praticar atividades físicas regularmente;
  • cuidar da postura;
  • evitar sobrecarga.

Essas são medidas muito importantes, que podem ser adotadas por todos.

Quais são as causas da hérnia de disco?

Essa condição costuma surgir em pessoas com idade entre 30 e 60 anos. A predisposição genética aparece como a principal causa do problema. Porém, fatores ambientais e comportamentais também entram na lista de fatores que contribuem para aumentar as chances de a hérnia de disco se instalar.

Por exemplo, carregar muito peso, ter excesso de peso corporal, fumar e ter uma vida sedentária.

Mas, como apontamos, a prevenção é simples e prática. Então, para evitar qualquer tipo de problema ou a piora de uma hérnia de disco já existente, vale a pena observar as orientações e cuidar da ergonomia e demais fatores relacionados.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Luís!



Comentários
Avatar

Posted by Dr. Henrique Rios