manguito rotador

Lesão do manguito rotador: sintomas e causas

O manguito rotador faz parte de um conjunto de músculos e tendões responsável pela desaceleração, rotação e pelo bom posicionamento do ombro. São eles: músculos subescapular, redondo menor, infraespinhal, supraespinhal e cabeça longa do bíceps. Quando essa área é impactada, o problema pode manifestar-se como tendinite aguda ou lesão maciça que compromete todos seus componentes. 

O risco de comprometimento do manguito rotador aumenta de acordo com a idade (é mais comum em pessoas com mais de 40 anos), prática de certos esportes cujos atletas usam regularmente movimentos repetitivos do braço (goleiros e jogadores do tênis, por exemplo), o ofício (trabalhos de construção, como carpintaria ou pintura) e histórico familiar (pode haver componente genético envolvido nas lesões desse tipo). 

Quais são os sintomas

O paciente costuma resumir os sintomas em dor profunda no ombro, que aparece ao pentear os cabelos, colocar a mão nas costas e executar tarefas simples. O incômodo perturba o sono, principalmente se a pessoa deitar-se do lado afetado, e gera uma sensação de fraqueza e “peso”. 

Quando procurar um médico

É comum depois de uma semana intensa de trabalho ou após pegar pesado na academia sentir desconforto muscular na região do ombro. Não é comum, porém, que as dores e incômodos permaneçam por longos períodos. Quando isso acontece, é preciso ligar o sinal de alerta e buscar ajuda de um médico ortopedista. 

Lesões no manguito rotador costumam ser diagnosticadas apenas com teste físico (pressiona-se diferentes partes do ombro e move-se o braço em posições diferentes, verificando a força dos músculos). Em algumas situações, exames de imagens como radiografia, ultrassom e ressonância magnética podem ser solicitados. 

Tratamento da lesão

Quanto antes o tratamento começar, melhor. Em casos simples, recomenda-se repouso, aplicar compressas de gelo e fazer exercícios de fisioterapia (ajudam a restaurar força e flexibilidade dos ombros). Injeções de esteroides na articulação, sobretudo se a dor está interferindo no sono e nas atividades diárias, podem ser consideradas. 

No entanto, quando se constata ruptura do músculo ou tendão, o paciente precisa submeter-se à cirurgia, que pode ser para reparo aberto de tendão, remoção de esporão ósseo, transferência de tendão ou artroplastia do ombro.

Como prevenir lesões do manguito rotador

Se você quer prevenir complicações nessa parte tão importante e estratégica do corpo humano, cumpra sua rotina de treinos respeitando os limites que seu organismo impõe. Isso vale, principalmente, para aqueles que são suscetíveis a lesões por sobrecarga em esportes de arremesso (tênis, vôlei, handebol) e de repetição (natação). Crossfiteiros também devem ficar atentos. Outro ponto importante é consultar, em caso de histórico familiar de lesão do manguito rotador, um médico ortopedista para avaliar a necessidade de ajustes no dia a dia. Como vimos, esse problema tem um peso genético considerável. 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Luís!

 

 

 

Comentários

Posted by Dr. Henrique Rios