lesões

Como evitar lesões durante a prática esportiva

Pessoas que têm o costume de fazer atividade física, em especial esportes de alta performance, estão mais propensas a sofrer lesões.c

Embora existam circunstâncias que fogem ao nosso desejo — como acidentes, impacto corporal contra adversários, etc. —, é possível fazer a prevenção de torções e similares durante a maior parte do tempo.

Neste artigo, falaremos um pouco mais sobre os tipos de lesões mais comuns, além de fornecermos algumas dicas para evitá-las. Confira!

Quais são as lesões mais comuns em atletas?

A entorse de tornozelo, vulgarmente conhecida como “torção”, é possivelmente a situação mais comum dentre pessoas que praticam esportes.

Ela pode acontecer em uma série de ocasiões: durante a prática em terreno íngreme ou em local inóspito (com buracos, pista irregular, etc.), durante uma corrida, na hora de trocar a direção de movimento em uma partida de basquete, no momento em que o ginasta faz o pouso, entre outras.

Contusões, que são resultado de traumas diretos, são dolorosas e incômodas, mas tendem a ser pouco graves. Após um período de repouso, com medicação adequada e sem atividade física de impacto, pode-se retornar às atividades de interesse.

As fraturas e luxações, por sua vez, são bem mais complexas e podem, além de exigir intervenção cirúrgica em alguns casos, afastar o atleta de seu esporte predileto por meses.

O que fazer após uma lesão?

O 1º passo é não continuar com a prática de atividade física, mesmo que a dor pareça suportável.

Quando se está aquecido, pode ser difícil compreender a dimensão da dor ou o tamanho do problema ocorrido.

Assim, retornar à corrida, aos saltos e similares pode fazer com que a situação em curso piore e gerar consequências que podem até mesmo aposentar o atleta cedo demais.

Utilizar gelo na área atingida é uma boa maneira de diminuir a inflamação, assim como apoiar o local lesionado em uma superfície plana, fora do chão.

É preciso levar o ferimento ao conhecimento do médico imediatamente, para que possam ser avaliadas a extensão e a gravidade da lesão.

Como evitar lesões durante a prática de esportes?

Não se deve começar nenhuma atividade física sem o devido preparo.

Ao chegar ao local de treinamento, deve-se reservar pelo menos meia hora para acordar o corpo, alongar as articulações, espreguiçar.

Se houver dor durante a etapa de preparação, é importante sinalizar essa informação para o treinador ou o profissional responsável pela prática.

Outro cuidado diz respeito ao equipamento que deve ser utilizado. Jogadores de futebol devem utilizar chuteiras de boa procedência, capazes de fornecer estabilidade e diminuir o impacto da corrida.

Corredores, da mesma forma, devem investir em pares de tênis feitos para atletas.

Para além disso, é preciso estar atento aos sinais e aos limites do próprio corpo.

Fazer 12 horas de treino de alto impacto não é uma boa ideia, por exemplo. Além de sobrecarregar o corpo, chega um momento em que a perda de performance é evidente.

Aumentar, de forma significativa e de um dia para outro, as distâncias a serem percorridas também não funciona. O desenvolvimento de um corpo leva tempo — e esse tempo deve ser considerado para se evitarem as lesões.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Luís!

Comentários
Avatar

Posted by Dr. Henrique Rios