pulso aberto

O que é pulso aberto?

Quando falamos sobre “pulso aberto”, estamos nos referindo a um sintoma, e não a uma doença específica. Em síntese, o termo descreve dores associadas aos punhos. 

Por certo, algumas pessoas podem manifestar também outros sintomas, como perda de força nas mãos, rigidez articular, inchaço e alterações na sensibilidade.

As causas mais comuns para essa condição são:

  • fraturas;
  • cistos sinoviais;
  • torções ou traumas na região dos pulsos;
  • esforço repetitivo;
  • tendinites.

A doença de kienbock também pode causar dor nos pulsos.

Causas de pulso aberto

Abaixo, falaremos um pouco mais sobre os problemas citados anteriormente. Confira.

Fraturas

Pessoas que tiveram fraturas na região dos punhos podem apresentar, mesmo depois da cicatrização, fisgadas, inchaço e dores na região.

Assim, o ideal é retornar às atividades cotidianas aos poucos, apenas depois da liberação médica.

Cistos sinoviais

Tratam-se de bolsas que apresentam acúmulo de líquido sinovial, composto existente nas articulações e que auxilia na lubrificação das mesmas.

Os cistos sinoviais tendem a aparecer em articulações que estão frequentemente em uso, como, inegavelmente, é o caso do pulso. 

Em geral, estão relacionados sobretudo a traumas, movimentos exacerbados e a esforço repetitivo. 

Por isso, são incômodos comuns em trabalhadores de escritório, atletas e operários.

Esforço repetitivo

Lesões por esforço repetitivo têm sido muito comuns, sobretudo nos últimos anos, com a utilização massiva de dispositivos móveis e computadores.

Ainda assim, a tecnologia não é a única responsável pelo desenvolvimento de problemas dessa sorte.

Pessoas que tocam instrumentos musicais por muitas horas, diariamente, que dirigem profissionalmente ou que costuram também estão mais suscetíveis a lesões por esforço repetitivo.

Tendinites

Tendinites são inflamações que ocorrem no tendão, estrutura responsável por unir o músculo ao osso.

Também são causadas por esforço repetitivo, sobrecarga e postura inadequada, mas podem estar relacionadas a questões de idade, estresse, atividade física excessiva ou incorreta e problemas de saúde diversos.

Sabe-se que indivíduos com enfermidades que enfraquecem o sistema imunológico ou possuem doenças autoimunes estão mais propensos a desenvolver inflamações diversas.

Síndrome do túnel do carpo

Neuropatia causada pela compressão do nervo mediano no canal do carpo, localizado entre a mão e o antebraço, é causada principalmente por esforço repetitivo.

Pessoas com artrite reumatoide, tumores e alterações hormonais severas também estão no grupo de risco.

Causa sensação de formigamento, perda de sensação e dificuldade para executar tarefas cotidianas.

Tendinite de De quervain

Também chamada de tenossinovite, é uma inflamação que atinge os tendões que ligam o punho ao polegar.

Fraturas, traumas, esforço repetitivo, sobrecarga, problemas de postura, artrite reumatoide e doenças autoimunes podem facilitar o aparecimento da tendinite de de quervain.

Doença de kienbock

Condição um tanto quanto rara, é caracterizada pela ausência de irrigação sanguínea no osso semilunar, que faz parte do punho.

O osso em questão começa a apresentar problemas e a se necrosar. 

Inchaço, dor ao toque, sensibilidade e febre podem acompanhar a doença, que frequentemente exige cirurgia de remoção do osso necrosado.

Essas são apenas algumas das enfermidades que podem causar o que chamamos de pulso aberto. Apenas um médico pode fornecer um diagnóstico preciso acerca do problema apresentado e indicar formas corretas de tratamento.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Luís!

Comentários
Avatar

Posted by Dr. Henrique Rios