Osteocondrite

O que é Osteocondrite?

O que é Osteocondrite?

A osteocondrite ou osteocondrose, que também é conhecida como osteocondrite dissecante, é uma patologia rara que afeta a cartilagem de crescimento. Geralmente, a causa dessa doença é desconhecida, porém algumas hipóteses sobre o seu surgimento são levantadas. Ou seja, há informações que a prática de atividades esportivas durante a fase de crescimento da criança gera certas perturbações.

Nesse sentido, a pesquisa Research in Osteochondritis Dissecans of the Knee: 2016 Update, realizada por estudiosos da Washington University School of Medicine, em parceria com Elite Sports Medicine e St. Luke’s Medical Center adiciona informações relevantes sobre o tema.

Conforme relatado no estudo, a osteocondrose ocorre com mais frequência durante a infância e adolescência, justamente quando os indivíduos passam por um processo de estruturação e estabilização do sistema esquelético.

Neste artigo abordo o conceito da doença e ainda trago informações sobre alguns tipos desse distúrbio. Quer ficar por dentro? Acompanhe até o final!

O que é osteocondrite?

Como informei anteriormente, a osteocondrose é uma doença rara, cujos motivos da causa ainda são desconhecidos. Mas, normalmente, esse é um distúrbio que atinge as articulações, portanto a denominação específica é feita a partir do conhecimento da área afetada.

Por exemplo, a Osgood-Schlatter é o tipo mais comum e se manifesta no joelho. Logo, é possível que o paciente desenvolva uma espécie de calombo ósseo abaixo da rótula ou patela.

Quais são as explicações relevantes sobre o tema?

Quando os ossos começam a se formar, basicamente, o esqueleto é composto, em grande parte, por cartilagem. Então, na medida em que os anos avançam esse tecido é substituído pelo osso, certo?

Vale acrescentar que esse processo gradual ocorre entre a epífise (fica na extremidade do osso) e a cartilagem de crescimento. Portanto, quando essa última é lesionada, as falhas surgem.

Ou seja, o funcionamento da cartilagem é interrompido e isso afeta diretamente o crescimento ósseo. Nos casos mais extremos, por exemplo, algumas partes dela podem se desprender e, nessa condição, a pessoa sente muita dor.

Quais são os sintomas?

Quando a osteocondrite dissecante se manifesta, a região afetada fica avermelhada e o indivíduo sente dor intensa nessa área. Além disso, também pode ocorrer calombo ósseo, inchaço e bloqueio articular. Em outras palavras, rigidez. Na Osgood-Schlatter, por exemplo, o joelho costuma travar.

Quais são os tipos mais comuns?

Como mencionei, essa enfermidade é especificada a partir da área atingida. Veja, chamamos de doença de Freiberg quando ela afeta o segundo metatarso, que aquele osso longo do pé, antes dos dedos. Esse tipo, inclusive, tende a provocar artrose e limitação de movimento. Mas há outros:

  • Sever: comumente associado ao excesso de exercícios físicos, esse formato atinge o calcanhar;
  • Iselin: esse é um caso raro que afeta o quinto metatarso (osso do antepé), portanto o indivíduo sente dor ao pisar;
  • Renander: nesse caso, o uso frequente de sapatos inadequados, pode prejudicar os ossos sesamóides (nódulos bem pequenos que ajudam na sustentação e redução da pressão dos demais tecidos).

Como vimos, a osteocondrite pode trazer problemas significativos para as pessoas, principalmente, na infância e adolescência. Afinal de contas, o distúrbio afeta o crescimento e, de acordo com pesquisas realizadas, a sua relação com a prática de atividades física é inerente. Por isso, antes se submeter aos exercícios mais pesados é fundamental buscar conselho profissional.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como ortopedista em São Luís!

Posted by Dr. Henrique Rios in Todos